Dieta para Engordar: Passo a Passo para Ganhar Peso com Saúde

goiaba uvas pessegos em calda

Veja como fazer passo a passo a Dieta para Engordar, o que comer, cardápios e receitas


Só de ler o título você deve estar pensando: eu aqui fazendo dietas restritivas e sacrificantes para perder peso e ficar com a barriga chapada e alguém pensando em fazer uma dieta específica para engordar?
Pode parecer um tanto quanto incomum mas sim, existe um plano de dieta específico para esse objetivo.
O nosso corpo é regido por uma série de reações químicas que promovem a manutenção da nossa vida: esse conjunto pode ser entendido como metabolismo.
Você provavelmente já ouviu dizer que “tal pessoa tem o metabolismo rápido” e “fulano tem metabolismo mais lento”.
O que será que isso significa?
O padrão de “rapidez” do metabolismo faz referência à quantidade de calorias que o metabolismo é capaz de utilizar na geração de energia: se essa quantidade é grande, diz-se que o metabolismo é rápido; de maneira análoga, se essa quantidade é pequena, diz-se que o metabolismo é lento.

Essas diferenças entre os tipos de metabolismo se refletem obviamente no peso do indivíduo.

Uma pessoa que possui o metabolismo mais acelerado irá gastar mais calorias para se manter vivo; por isso, a tendência é que essa pessoa tenha proporcionalmente menos gordura corporal e grande dificuldade de ganhar peso.

São aquelas pessoas conhecidas geralmente por comer muito mas não engordar nada.

Uma pessoa que possui o metabolismo mais lento, irá gastar menos calorias em relação à pessoa que tem o metabolismo acelerado.

Dessa forma, a pessoa possivelmente terá mais quantidade de gordura corporal e mais dificuldade para perder peso.




macronutrientes-oleo-de-coco-abacate-linhaca-nozes-amendoas


Portanto, a Dieta para engordar está direcionada principalmente para aqueles que têm um metabolismo extremamente acelerado (essa condição pode ser genética ou influenciada por alguma desordem hormonal, como por exemplo o hipertireoidismo – excesso na produção dos hormônios T3 e T4 – triiodotironina e tetraiodotironina).

Notar que do ponto de vista da evolução humana, é uma desvantagem tremenda ter baixíssimos índices de gordura corporal.

A gordura se acumula em forma de um tecido, conhecido como tecido adiposo.

Essa camada de gordura está sobreposta à camada muscular; logo, esse tecido tem grande importância em proteger o corpo do indivíduo de baixíssimas temperaturas.

É fácil notar essa associação: animais que vivem em regiões polares tem grandes camadas de gordura, como os ursos polares.

Como se não bastasse a proteção térmica, há também a proteção mecânica: uma volumosa camada de gordura pode salvar a sua vida.

Comumente nota-se essa relação em acidentes de carro, por exemplo: pessoas com peso menor têm grandes chances de saírem mais machucadas do que pessoas com grande quantidade de gordura no corpo.

Entenda portanto que muitas vezes a gordura não é somente a vilã da história, pois alguma quantidade de gordura no corpo é muito necessária para o homem, como citado acima.



pr

Nesse momento, você deve estar pensando equivocadamente que é muito fácil fazer uma dieta para engordar: basta comer tudo aquilo que aparecer pela sua frente, sem distinção nenhuma de alimentos.

Isso é falso.

Nesse artigo, quando falamos de engordar, falamos principalmente de ganhar peso de forma saudável, com saúde.

Consumir por exemplo bolachas industrializadas, pães brancos, lanches, pizza, bolo, refrigerante, outras bebidas açucaradas e guloseimas certamente fará você engordar.

O fato é que esses alimentos calóricos em geral não possuem boa quantidade de nutrientes.

Isso significa que apesar de contarem com grande quantidade de calorias, não irão fornecer as vitaminas, minerais e aminoácidos que você precisa para manter o bom funcionamento do corpo.

Portanto, o cardápio de uma dieta para ganhar peso deve ser composta sim por alimentos calóricos, mas preparados por você mesmo (para garantir que não há adição excessiva de sódio, estabilizantes e conservantes).

Note ainda que não serve só consumir muitas calorias: para engordar, a quantidade de calorias que você come deve ser necessariamente maior do que a quantidade de calorias que você gasta.




Assim, se além de ter um metabolismo muito acelerado você realizar regularmente atividades físicas que exijem alto gasto calórico, você deverá comer muito para manter o superávit calórico.

É importante que você raciocine na hora de fazer uma dieta para engordar: não é interessante consumir 1 quilo de comida nas principais refeições e não comer mais nada durante o dia.

Preferencialmente, você deve ingerir mais calorias dividindo esse total de calorias em várias refeições durante o dia.

Para te ajudar, vamos separar uma lista de alimentos que engordam e ainda o horário específico em que devem ser consumidos.

Realizando essa dieta em 7 dias (em uma semana) você já terá ganhado peso.

Café da manhã

Não à toa dizem que essa refeição é a mais importante.

Você passou por um longo período de jejum e se quiser engordar, terá que consumir boas calorias nessa refeição.

Consuma laticínios como leite e iogurte.





Opte pelas versões desnatadas, pois como dissemos antes, não vale só engodar, e sim ganhar peso com saúde.
Faça uso de cereais como aveia e granola e de pães e massas integrais.

Consuma também frutas.

Lanches intermediários – lanche da manhã e lanche da tarde

Nessa refeição você também pode consumir alimentos que foram consumidos no café da manhã como os laticínios, sucos e lanches naturais diversos.

No caso das frutas, dê preferência a aquelas mais calóricas como banana (que contém grande quantidade de açúcar) e abacate (que contém grande quantidade de gorduras boas).

Refeições principais – jantar e almoço

Essas refeições são as principais e nelas você deve consumir grande quantidade de carboidratos, proteínas e gorduras.





Os carboidratos podem ser adquiridos de massas como macarrão e grãos como arroz e feijão (essa mistura é poderosa pois fornece todos os aminoácidos que precisamos), batata de vários tipos, mandioca, mandioquinha, cenoura e beterraba.

As proteínas podem ser adquiridas de diversas fontes. Em geral, os vegetais também são ricos em proteínas, mas daremos destaque aqui às proteínas de origem animal.

Consuma ovos: são bastante nutritivos e baratos para serem incluídos na sua dieta.

Opte também por carne bovina ou suína, aves e pescados diversos como peixes, camarões e outros frutos do mar.

Vale uma dica: prepare esses alimentos sobretudo cozidos ou assados; evite fritar.

As gorduras em geral podem ser adquiridas no consumo de azeite, que pode ser utilizado para temperar a salada por exemplo.

A dieta para engordar é direcionada para os indivíduos que por algum motivo metabólico tem dificuldades para ganhar peso.

O ganho de peso visado deve acontecer através do consumo de grandes quantidades de alimentos naturais e saudáveis como proteínas e carboidratos diversos. Em caso de dúvidas, consulte um nutrólogo ou nutricionista.

Clique aqui agora para ver a Dieta Mediterrânea com cardápio para emagrecer