Dieta Paleolítica: Como fazer, Cardápio Semanal e Receitas!

pele lisa dentes melhores

Veja como fazer o passo a passo da Dieta Paleolítica para emagrecer com nossos cardápios e receitas!


A dieta paleolítica, também chamada de dieta palio, ou dieta Low Carb, é inspirada na alimentação de nossos ancestrais da era paleolítica, usando somente os alimentos que também eram consumidos pelos mesmos naquele tempo.
Um dos especialistas em Nutrologia e Cirurgia Plástica indica somente essa dieta para quem quer emagrecer, ou seja, perder os pneuzinhos, aqueles quilos a mais, pois muitas vezes, é preciso perder o excesso de gordura, antes de se fazer uma cirurgia plástica.

O mais interessante comentado por outro especialista é que não existem estudos científicos que comprovam que o ser humano tenha que comer de três em três horas para que seu metabolismo não desacelere e pare de queimar gordura e que ao pesquisar, se deu conta de que isso foi inventado por uma pessoa qualquer e que acabou virando rótulo.

Ao contrário disso, estudos científicos, feito com pessoas que ficavam em maior intervalo de jejum, seja algumas horas, vinte e quatro horas, ou até mesmo chegando a setenta e duas horas, mas consumindo água, que é essencial, continuavam com o metabolismo acelerado, sendo que muitas vezes, mais acelerado ainda, fazendo com que o corpo queimasse mais calorias, tendo que usar as reservas de gordura.

Ainda adverte sobre o mito de que a gordura que temos no nosso corpo, é proveniente de alto consumo de carboidratos e açúcar, não da gordura animal, ou vegetal que consumimos, sendo importante baixar os níveis de consumo desses dois componentes, que é o que faz a dieta paleolítica, onde com toda certeza, você mesmo poderá comprovar no término da dieta o antes e depois do seu corpo.

alergias reduzidas

E essa dieta é exatamente isso, consumir mais gorduras boas, cortando gorduras trans, que encontramos no óleo de soja, na margarina e muitos outros alimentos industrializados, o consumo de açúcar e de carboidratos no dia a dia, assim como faziam nossos ancestrais, que eram nômades, passando vários dias sem se alimentar, não plantavam, viviam de caças e de alimentos encontrados na terra e nesse tempo, não existiam essa quantidade enorme de alimentos que encontramos hoje no mercado.

O bom dessa dieta, que além de fazer emagrecer, ainda pode auxiliar no tratamento de algumas doenças como o câncer, onde, por exemplo, uma determinada corredora fez um depoimento falando que conheceu a dieta palio quando teve câncer de mama e usou tanto como tratamento, junto com os tratamentos convencionais, quanto hoje, é uma adepta a esse tipo de alimentação e já tem uma qualidade de vida melhor, onde é desses alimentos com gorduras, é de onde tira suas energias para os treinos.

Como fazer a Dieta Paleolítica!

Para entendermos como fazer a dieta, primeiro temos que saber quais são os alimentos permitidos e não permitidos ser consumidos.

Alimentos permitidos

Começamos com os que são considerados os grandes vilões, mas que na verdade, são benéficos, como a:

– Carne bovina com gordura;

– Carne de porco;




– Bacon e sua gordura para o preparo dos alimentos e frango (nesse caso, o consumo desses tipos de carne, tem que ser moderada, pois como hoje em dia a criação desses animais não é feita de forma cem por cento natura, em excesso pode fazer mal);

– Manteiga de leite;

– Azeite de oliva extra virgem;

– Óleo de coco e a polpa de coco;

– Ovo;

– Mandioca;

– Batata doce;

– Verduras (alface, couve, rúcula, agrião, espinafre, couve flor, brócolis, etc.);

– Legumes (abóbora, chuchu, cenoura, abobrinha, berinjela, pepino, jiló, maxixe, repolho, rabanete, etc.);

– Frutas (melancia, pera, maçã, banana, melão, mamão, laranja, abacate, etc.);

– Castanha do pará, nozes, amêndoa, podendo consumir como bebida;

queima de gordura armazenada

– Chás (de preferência as folhas e flores, como camomila e a melissa, evitando os de saquinhos prontos);

– Peixe;

– Sucos naturais e sem açúcar ou adoçante (o suco deve ser ingerido sem coar a polpa, independente de qual fruta use, usando o mínimo de água possível, para não tirar os nutrientes que contém neles);

– Café;

pr

– Água de coco com moderação e o principal de todos que é a água pura é que nosso corpo necessita, mesmo tomando outros líquidos dos que foram citados;

– Temperos como cheiro verde, alecrim, manjerona, manjericão, alho e cebola, também podem ser usados.

Alimentos não permitidos

Para a surpresa de muitos, o queridinho de nós brasileiros, é cortado o feijão, assim como:

– Milho e seus derivados;




– Soja;

– Arroz;

– Batata inglesa e outras, com exceção da batata doce;

– Trigo e todos os seus derivados (biscoito, massas, pães, etc.);

– Lentilha, grão de bico, cevada e lentilha;

– Óleo de soja, de milho, canola e margarina;

– Açúcar (principalmente o branco e refinado);

– Doces (sorvetes, pudins, etc.);

– Produtos light;

– Gordura hidrogenada;

– Refrigerante;

– Fast food.

melhora no padrao de sono

Na dieta palio, não existe essa obrigação de se comer de três em três horas, pois são as três principais refeições que realmente contam, assim como quando o seu corpo pede, pois o que consumimos, é o que o nosso corpo precisa para continuar bem.

Então, não se sinta obrigado a comer nesses intervalos, se não tiver fome.

Mas lembre-se que existem alimentos que podem e não podem ser consumidos, pois se ingerir justamente o que tem que ser cortado da sua alimentação diária, poderá colocar tudo a perder.

Como montar o seu cardápio

Sabendo o que pode ou não pode ser consumido, agora saberá como fazer sua dieta, distribuindo nas refeições, as quantidades e tipos desses alimentos.

Mas o ideal é procurar um nutricionista para te ajudar como fazer o seu cardápio e começar a dieta.

Mas se não tiver como, vamos para uma pequena dica de como montar o seu cardápio.




Café da manhã

Você pode consumir uma omelete bebendo um chá ou café, se quiser, pois não é necessário, ou umas duas frutas se preferir.

Almoço

Um bife com gordura, salada, repolho refogado, ovo de codorna e um copo de água, se preferir beber algo na refeição.

Jantar

Uma coxa, ou sobrecoxa cozida com pele de frango, cenoura refogada ou crua, com salada e vagem no vapor.

anti inflamatorio

Para o lanche da manhã, da tarde, pós treino e para quem pratica algum exercício físico ou esporte

Pode ingerir alguns desses alimentos se tiver fome, pois nessa dieta, não tem que comer de três em três horas, mas quando o corpo pede, sem pular as três principais refeições: Consumir uma fruta, água de coco, ou algumas castanhas, amêndoas ou nozes.

Aqui demos alguns exemplos, onde poderá trocar algum desses alimentos, para variar o seu cardápio semanal.

Para ajudar, vamos passar duas receitas para usar no seu dia a dia e aguçar a sua criatividade na hora de preparar.





Omelete com bacon e ervas

Bata dois ovos com um garfo, se preferir mais fofinho, bata primeiro as claras e depois acrescente as gemas. Acrescente algumas folhas de manjericão e alecrim frescos e picados, uma pitada de sal e pedacinhos de bacon frito. Unte a frigideira com óleo de coco, ou banha de coco, a mesma que sobra do bacon ao fritar, esquente a panela e ponha a mistura. Deixe por alguns minutos, até começas a firmar na parte de baixo e vire com cuidado, deixando mais alguns minutos e retire do fogo. Está pronto o seu omelete.

Salada de rúcula, alface e tomate com ervas

Lave e pique três folhas de alface e cinco folhas de rúcula, coloque em uma vasilha e acrescente ou cinco tomatinhos cereja cortados em quatro, ou um tomate médio picado, junte uma xícara pequena de cheiro verde picado e misture tudo. À parte, faça um molho usando duas colheres de azeite, uma colher de caldo de limão espremido na hora, uma pitada de sal e meia xícara de café de manjericão e alecrim bem picados, misturando bem. Ao colocar a quantidade de salada desejada no prato, regue-a com o molho.

Clique aqui agora para ver a Dieta do Leite com cardápio para queimar gordura