Dieta Japonesa: Como Fazer Cardápio e Receitas Simples

desanimo ansiedade

Veja passo a passo o que comer, como fazer a Dieta Japonesa e emagrecer em poucos dias com nossos cardápios e receitas!


Todos nós deveríamos nos preocupar mais com nós mesmos. Já parou para pensar na diferença que o nosso corpo e nosso espírito podem sentir ao você manter uma vida saudável?

Passamos a praticar exercícios físicos prazerosos com aqueles que amamos, cozinhamos receitas especiais com nossos amigos e celebramos a nossa longevidade.
A boa notícia é que ao longo desses anos, por causa de vários estudos relacionados à boa qualidade de vida e também por causa da facilidade do acesso à informação, as pessoas estão cada vez mais convencidas de que um estilo saudável de vida não requer assim tantos sacrifícios.
A saúde é nosso bem maior e prezar por ela é sinônimo de boa vida e longevidade.
Sabemos também, por meio de outras informações, que a obesidade é um problema que vem tomando proporções cada vez mais assustadoras.

É uma doença que caracteriza-se como um excesso de peso debilitante, isso é, acúmulo de gordura que passa a tornar o paciente incapaz de realizar determinadas atividades.

Graus mais severos de obesidade, como a conhecida obesidade mórbida, podem fazer inclusive com o que o paciente deixe de se movimentar por sobrecarga das estruturas corpóreas.

Além disso, os maus hábitos alimentares e a obesidade também estão ligados a uma série de doenças, sobretudo aquelas que acometem o nosso sistema circulatório (doenças cardíacas, hipertensão e vasculite, por exemplo) e também diabetes e outras desordens nutricionais.

Pensando nisso, resolvemos elaborar um artigo sobre dieta.

Existem várias dietas bastante famosas e utilizadas por muitas pessoas anônimas e também famosos.

Alguns exemplos de dieta são a Dieta da USP, Dieta da Proteína, Dieta Dukan, Dieta Paleolítica, Dieta da Água, Dieta Detox e Dieta da Sopa.

6 kg 7 dias 1 semana 8 dias 8 kg

regime japonês.

Essa e todas as outras dietas se valem de um princípio muito básico para serem formuladas: o cardápio deve fornecer refeições extremamente hipocalóricas ao praticante da dieta, para garantir a perda de peso.

Como Funciona

Você provavelmente já testemunhou ou já ouviu falar na longevidade dos povos asiáticos, como a chinesa e a japonesa.

Essa alta expectativa de vida da população japonesa, por exemplo, não se deve somente à elogiável infraestrutura previdenciária e de saúde com que conta o país, mas também se deve ao estilo de vida da população japonesa.

Pessoas que realizam exercícios e consomem principalmente alimentos frescos e naturais, limitando a ingestão de carne vermelha.

Além disso, é costume nesse país que poucas refeições sejam feitas por dia.

Ao longo do artigo, você notará claramente que este tipo de dieta traz muito disso: haverá o consumo preferencial de alimentos naturais, além de restrição ao número de refeições ao longo do dia.

De acordo com alguns depoimentos, a dieta talvez seja capaz de emagrecer o praticante em um valor em torno de 6 a oito quilos em uma semana.

Obviamente haverá grande diferença entre esses valores, por causa da individualidade de cada um.

Por exemplo, imagine um praticante de 100 kg e uma praticante de 70 kg. A dieta restritiva terá mais efeito no praticante mais pesado, pois o corpo sente a dieta de forma mais violenta.



Perceba que 6 quilos representa uma porcentagem muito menor no peso do praticante de 100 kg do que no peso da praticante de 70 kg.

Além disso, a diferença de sexo também pode fazer diferença: em geral, o metabolismo do homem é mais acelerado.

Note ainda que essa dieta deve ser realizada somente por 7 dias. Como já dissemos aqui, a dieta é extremamente restritiva e isso dará um grande choque no seu corpo.

Você pode até tentar prolongar a dieta por mais de uma semana, mas você não vai conseguir.

Por mais determinado que seja, o seu corpo vai bloquear a perda de peso por um mecanismo chamado de homeostase.

Quando o seu corpo percebe que está perdendo muito peso, ele entende que corre risco e vai se valer de mecanismos muito complexos para bloquear essa perda. Então, você passará a sofrer em vão.

Essa dieta também se parece com os japoneses no quesito da dedicação.

Essa dieta é restritiva e você não pode cometer exceções.

As refeições contam principalmente com legumes e verduras frescos, frutas e algumas proteínas e carboidratos.

Abuse de chás, pois eles aceleram seu metabolismo.

Consuma preferencialmente água gelada pois seu organismo gasta calorias para aquecê-la até a temperatura ideal de uso.

restrita substituicoes

Em relação às proteínas, prefira os pescados como peixes, camarão e lula.

Ainda sim, consuma carne vermelha em pequena quantidade e ovos cozidos.

Prefira carboidratos integrais, mas fique atento pois os carboidratos são praticamente retirados do cardápio.

O problema dessa dieta é que ela não estimula uma reeducação alimentar.

Haverá uma drástica perda de peso no período de uma semana, mas porque o corpo passou por um grande sacrifício.

Se na semana seguinte você voltar aos seus hábitos antigos, você poderá no prazo de uma semana recuperar todo o peso perdido e inclusive ganhar alguns quilos a mais.

Portanto, prefira sempre uma dieta rica e balanceada, aliada à prática de um exercício físico.

Clique aqui agora para ver a Dieta dos Pontos com cardápio para emagrecer