Dieta da Proteína: O Que Comer, Cardápio e Receitas

Alimentos e cardápio permitido na Dieta da Proteína passo a passo

Saiba o que é, como fazer, o que comer, cardápios, receitas e dicas passo a passo para perder quilos de gordura com a Dieta da Proteína!

A dieta da proteína é a quase erradicação do carboidrato e o aumento do consumo de alimentos ricos em proteína.

Existem várias receitas desse tipo de dieta, mas falaremos de duas em específico, com passo a passo e que são a origem de tantas outras, que neste caso se trata Dieta Atkins e da Dieta Dukan.

Dieta Atkins:

criada na década de 60 pelo cardiologista americano Robert Atkins, com auge em sua publicação em 1972 e sendo reformulada em 1992.

Usando alimentos de origem animal ricos em proteína como carne vermelha, frango, peixe, ovos e frutos do mar, alimentos ricos em gordura, restringindo os com carboidrato tendo seu consumo quase zero.

As proteínas consumidas fazem que seu corpo trabalhe mais queimando qualquer reserva de gordura por não ter a manutenção de carboidratos, além de dar uma saciar mais e prolongadamente entre as refeições.

O que pode comer e é permitido na dieta da proteina dukan da usp

O que pode comer:

alimentos com gordura (azeite, maionese, manteiga), carnes, peixes e frutos do mar e sem limites de quantidade. Queijos e ovos moderadamente. Beba água, café descafeinado e infusões.

O que não pode comer:

Açúcar, doce, farinha, pão, cereais, frutas, milho, batata, fécula, leite, leguminosas (feijão, grão de bico, ervilha e soja), arroz e o que conter mais de 10% de carboidrato.

É dividida em quatro fases:

pdt

1- Fase de indução:

Período recorrente antes da introdução da dieta em si.

Nos quatorze dias, reduz de forma drástica o consumo de carboidrato para apenas 15% ao dia, fazendo seu corpo usar reserva de hidratos de carbono do fígado e dos músculos em forma de glicogênio, esgotando em cerca de três, quatro dias.

Nesse ponto, o corpo começa a queimar toda reserva de gordura, gerando uma substância chamada cetona, fazendo perder peso rapidamente.

Depois de duas semanas, aumenta-se em mais 5% de carboidrato e aumentando na semana seguinte se o teste de cetona der positivo até dar negativo, encontrando o ponto crítico de carboidrato que varia de pessoa para a pessoa.

2 – Fase de Perda de Peso Constante (PPC):

É quando tem uma redução de peso constante, onde se deve observar como o corpo reage ao acrescentar mais carboidrato através de frutas de baixa caloria, queijo cottage, ricota, sucos de tomate ou limão, sementes e alguns vegetais de baixa caloria.

Aconselhável fazer exames periódicos para avaliar a taxa de lipídios no sangue.

Dieta Dukan receitas cardapios e proteina

3 – Fase de Pré-manutenção:

Nesse ponto, verá exatamente qual a quantidade de carboidratos seu corpo suporta sem alterar o peso e quais os alimentos tolerados pelo seu organismo.

Irá fazer que vá perdendo mais lentamente os quilos restantes até atingir sua meta podendo ser algo em torno de 250g por semana, conhecendo seu Equilíbrio de Carboidratos Atkins (ECA).

4 – Fase de Manutenção:

É quando já atingiu sua meta e equilíbrio alimentar e continuará com a alimentação balanceada de acordo com que seu corpo aceita sem fazer que engorde novamente.

Dieta Dukan





Desenvolvida a mais de 30 anos pelo médico francês Pierre Dukan, por conta de um paciente que estava acima do peso, não conseguia emagrecer com nenhuma dieta, além, ser viciado em carnes. Se tornando mais tarde uma febre entre as celebridades que queriam emagrecer rápido.

Dividida em quatro fases a base de alimentos ricos em proteína, mas que abrange mais alimentos permitidos, podendo produzir um cardápio completo com facilidade.

1 – Período de ataque “Proteína Pura”:

Inicio de preparação e introdução da dieta, durando de um a dez dias de acordo com o caso.

É permitido comer: carnes magras, fígado, língua bovina, peixes, frutos do mar, aves (exceto pato), ovos, proteínas vegetais, presuntos e carne de porco magros, laticínios de origem animal e vegetal, água sem sais, panqueca de farelo de aveia ou uma colher e meia de sopa de farelo de aveia no leite, café, chás, ervas, condimentos, vinagre, limão nos alimentos, mostarda com moderação.

Não esquecer que é essencial uma caminhada diária de trinta minutos durante toda a dieta.

Dietas para Emagrecer Rapido com Saúde

2 – Período Cruzeiro “Proteína + Legumes”:

Quando introduzimos os legumes com as proteínas liberadas, alternando os dias com pura proteína e proteína com legumes, 1/1. Dura ao menos cinco dias, mas podendo se prolongar.

Alimentos permitidos: Tomate, pepino, espinafre, rabanete, alho-poró, vagem, couve, aipo, aspargo, funcho, alface, endívia, acelga, berinjela, abobrinha, cenoura, beterraba.

Alimentos ainda proibidos: Arroz, batata, milho, todo tipo de ervilha, grão de bico, fava, lentilha, abacate, alcachofra, salsifi.





3 – Período de consolidação

Fase de transição e que a sua durabilidade depende da quantidade de peso que você perdeu sendo, à cada 1kg perdido é mais dez dias de dieta nessa etapa.

Agora pode acrescentar os seguintes alimentos: Uma porção diária de frutas (menos banana, uva e cereja), duas fatias diária de pão integral, 40g de queijo, duas colheres sopa de farelo de trigo, duas porções semanais de amido.

Não esquecer de fazer ao menos vinte e cinco minutos de caminhada diária.

Você ainda pode fazer duas refeições de gala na semana. Mas terá que tirar as quintas feiras para fazer a refeição do plano de ataque.

Dietas para Emagrecer Rápido com Saúde

4 – Estabilização definitiva:

voltará a uma alimentação normal seis dias por semana, usando os alimentos do período de consolidação, deixando as quintas feiras para alimentação de ataque. Continuar fazendo caminhada diariamente.

Ambas são como base para uma boa dieta, mas o que mais chama a atenção, foi o próprio Dr. Pierre Dukan enfatizar em seu livro a importância de acompanhamento médico e exercícios não só antes e depois, mas durante a dieta também.

Ainda existe outra queridinha principalmente das mulheres que é a Dieta da Proteína da USP, mas que apesar do nome, a Universidade USP não reconhece e nem recomenda essa dieta.





Prós e contras das dietas:

os pontos positivos são que fazem perder peso rápido, estimulam um novo estilo de vida, são populares e a de Atkins é indicada para quem tem intolerância a lactose por cortar leite e muitos derivados, podendo substituir.

Mas têm os pontos negativos que podem causar irritabilidade, alteração no sono, mal hálito, tontura e dor de cabeça. Além de serem totalmente proibidas para pessoas com hipertensão ou cardíacas, gestantes, pessoas com problemas renais, por serem concentradas em proteína, sobrecarregando o funcionamento dos rins.

Por isso é sempre importante o acompanhamento de um médico e nutricionista.

Clique aqui agora e veja outras Dietas para Emagrecer Rápido com Saúde

Clique aqui agora para ver a Dieta para Engordar com cardápio para emagrecer