Dieta Cetogênica: Como Fazer Cardápio, Receitas e Emagrecer!

atitude certa para perder peso

Veja como fazer passo a passo a Dieta Cetogênica, o que comer, cardápios, receitas, antes e depois!

Este tipo de dieta emagrece mesmo?

Essa é a primeira pergunta que fazemos, quando queremos perder peso.

Então, para a nossa alegria, podemos dizer que a dieta cetogênica realmente nos ajuda a perder peso, mas antes de entramos em como fazer, vamos entender um pouco mais sobre ela e o que mais nos traz de benefício a saúde.

Se chama cetogênica, por cortar, ou reduzir ao máximo, o consumo de carboidratos e açúcar, o que diminui a produção de insulina, fazendo que o seu corpo entre em cetose, fazendo com que seu cérebro e todo o seu corpo trabalhem mais, utilizando as gorduras ingeridas e armazenadas, causando a quebra delas, para poder gerar energia.

Por isso essa dieta é mais rica em gorduras, do que em proteínas, que também é reduzida e em carboidratos.

A dieta cetogênica suprime qualquer tipo de gorduras trans (que prejudica a saúde e ainda pode modificar as células do nosso corpo, podendo ativar doenças predisposta ou não), como margarina, óleo de soja e a gordura hidrogenada por exemplo, diminuindo o consumo de carboidratos também, usando gorduras mais naturais, como o óleo de coco, que tanto tem uma taxa pequena de gordura saturada, quanto uma taxa maior de gordura insaturada, ou seja, contém mais as gorduras boas que tanto necessitamos.

Segundo especialista em Nutrologia e Medicina, essa dieta tem mais de noventa e cinco anos de existência, onde começou na Meoclinic, indo para a Universidade de Johns Hopkins, onde acabou ficando famosa por ser usado no tratamento para epilepsia, onde o número de convulsões vão caindo, podendo a chegar a ser zero.

Segundo esse mesmo médico, este tipo de dieta ainda ajuda na regressão do câncer, já que um dos componentes de que se alimenta a célula cancerígena é a glicose, onde é fornecida pelo açúcar e pelo carboidrato presentes na alimentação e não podem sobreviver em ambiente cetônico, onde na própria dieta, há um corte muito significante desses dois componentes.

reduz  glicose sanguinea

A dieta Cetogênica ajuda a prevenir e combater doenças cíclicas, diabetes do tipo dois, de hipertrofia, autoimunes e Alzheimer.

Além de ajudar na parte da saúde, acaba ajudando a perder peso com saúde e sem passar fome.

Mas é importante, em qualquer dos casos, procurar um nutricionista, para te auxiliar na preparação de um cardápio correto com esse tipo de dieta, que acaba sendo uma nova forma de se alimentar com mais qualidade.

Alerta antes de começar a dieta

Segundo uma especialista em endocrinologista e nutróloga, alerta que essa dieta, não vai se encaixar para qualquer pessoa e que o ideal é fazer com acompanhamento médico, seja para perder uma grande quantidade de peso, seja para tratar algum tipo de doença, que citamos acima, pois apesar de se ter uma lista vasta de alimentos permitidos, alguns deles não poderão ser usados por algumas pessoas, tendo ainda que ficar atento a cada fase da dieta, que teremos que passar, onde só o profissional médico, saberá a melhor forma de montar o seu cardápio.

Ainda, informa a importância de se fazer um check-up primeiro, pois pessoas com problemas renais, por exemplo, não é adequado usar essa dieta, mesmo que nesse caso, durante o processo, seja importante a ingestão de bastante água no dia a dia.

Como fazer

Agora, vamos falar de como fazer a dieta, quais são os alimentos que são permitidos e que não são permitidos para faze-la de forma correta.

proteina salada

Alimentos permitidos

– Coco (rico em gorduras de cadeia média, ou seja ácidos graxos);

– Leite de coco caseiro (substitui o leite de vaca);

– Óleo de coco extra vigem (substitui o óleo vegetal, seja de soja, girassol, canola, etc.);

– Água de coco (riquíssimo em sais minerais e vitaminas);

– Manteiga (apesar de ter gordura saturada, também tem a gordura insaturada e que substitui a margarina, que contém gordura trans;

– 0vo (de preferência o ovo caipira, mas ambos possui muitos nutriente essenciais, além das gorduras que realmente precisamos ingerir);

– Azeite extra virgem (possui setenta e cinco por cento de gordura monoinsaturada, oito por cento de gordura poliinsaturada, dez por cento de gordura saturada);

– Banha de porco (possui sessenta e cinco por cento de gordura monoinsaturada e poliinsaturada, ao contrário do que se pensava que possuía somente gordura saturada);

– Carne vermelha com gordura;

– Amendoim (tem que controlar a quantidade ingerida, por conter uma grande quantidade de ômega seis, além de conter proteína);

– Castanha do pará (também tem que controlar a quantidade por ser rico em selênio);

– Castanha de caju, (controlar a quantidade ingerida);

– Peixes em geral, principalmente salmão e sardinha (são grandes fontes de ômega três e seis);

beneficio cognitivo

– Queijo (mas tem que ter moderação no consumo),

– Tomate;

– Alface;

– Pimentão;

– Berinjela;

– Pepino;

– Brócolis;

– Couve e outras verduras e legumes;

– Abacate, mas com muito cuidado, pois possui carboidratos e açúcares naturais, que em excesso, prejudica a dieta.

Alimentos não permitidos

– Batata;

– Produtos industrializados, assim como os óleos de soja, canola, girassol e margarina uma vez que são ricos em gorduras trans, onde seu organismo não conseguirá fazer a quebra delas e assim, fazer engordar;

– Açúcar;

– Fast food;

– Arroz;

– Refrigerante;

– Qualquer tipo de massa (inclui o macarrão);

– Mel;

– Biscoitos e bolachas (até mesmo a de maisena com amido de milho);

– Pães;

– Doces.

Exemplo de cardápio da dieta

Vamos então, a um exemplo de cardápio que pode ser seguido na dieta, onde vamos estar cortando o consumo de carboidrato, como é necessário e com isso, já dá para começar a elaborar algumas receitas para variar entre os dias e as fases.

No desjejum

Pode-se ingerir café feito na hora, ou um chá (ambas bebidas sem açúcar) ou um leite de coco feito na hora, batendo no liquidificador, somente a polpa do coco e um pouco de água filtrada, acompanhado de um bom omelete com presunto, ou bacon (lembrando que não se deve usar o óleo de soja, mesmo que seja para somente untar a frigideira, pois o ideal é o óleo de coco, ou manteiga), ou dois ovos cozidos acompanhados de fatias de presunto frito, ou in natura.

glicemia alta

No lanche da manhã

Consumir uma pequena quantidade de castanhas do pará, ou um punhado de castanha de caju.

Umas quatro unidades de um deles, é mais que suficiente.

No almoço

Podemos fazer um belo bife de carne bovina, ou um peixe grelhado se preferir, acompanhado de salada de alface e tomate, onde cada um dos ingredientes da salada, não pode passar de cem gramas de ingestão, ou se preferir, pode também consumir brócolis feito no vapor, ou salada de couve picada, ou ainda, uma berinjela refogada, onde vai ajudar a baixar mais os níveis de glicose (no caso do consumo da berinjela, é preciso cuidado, pois como estamos cortando o consumo de açúcar e carboidratos, que é o que se transforma em glicose e gordura, pode ocorrer uma hipoglicemia se usado de forma exagerada).

No lanche da tarde

Meio abacate, ou fatias de queijo, podem ser consumidos com moderação.

No jantar

No nosso consumo dessa refeição, podemos usar uma boa salada, mas na quantidade indicada acima, um bife com gordura, mas não muita, um espinafre que seja refogado, um frango grelhado com azeite, ou manteiga, ou até mesmo um peixe grelhado.

Esses, são alguns dos alimentos que podemos usar, mas com moderação e escolhendo alguns deles, pois comer tudo de uma vez, pode não ser legal.

Ainda dá para complementar a receita do seu omelete, por exemplo, acrescentando couve picada, ou até mesmo espinafre e um pouco de queijo.

No caso das saladas, cuidado na hora de temperar, pois tem que ser o mínimo de sal e só pode ser usado, até uma colher de sopa de limão ou vinagre.

Não se esqueça de ingerir bastante água natural durante todo o dia, pois o nosso corpo necessita para sua própria manutenção.

Dieta Cetogênica e exercícios físicos

Quando se entra nessa dieta, é muito importante fazer exercícios físicos, para que se tenha melhor resultado no desempenho da mesma, pois assim, ajudará a eliminar gorduras mais rápido, sem prejudicar a musculatura e sem deixar o corpo flácido, quando se faz para perder peso, além de ser benéfico no tratamento de doenças também.

Veja com seu médico, o melhor exercício para o seu caso e alie a dieta.

A Dieta Cetogênica produz uma perda de peso em torno de 4 a 5 quilos em 30 dias quando é associada a atividade física regular.

Clique aqui agora para ver a Dieta Dukan com cardápio para secar barriga